Greta Thunberg volta a criticar o presidente Bolsonaro

Greta thunberg volta a  criticar o presidente bolsonaro

Greta Thunberg, famosa ativista dos direitos ambientais, veio nesse sábado (24) por meio de suas redes socias criticar a redução dos recursos para meio ambiente no Brasil.

Indo contra o que prometeu na Cúpula do Clima que ocorreu nos EUA, Bolsonaro que garantiu estar dentro da proposta, contudo um no mesmo dia do encontro, ele vem a cortar verbas do meio ambiente.

Greta em seu pronunciamento, fala na redução do capital, ainda no fim ela fala “Oops… estes nossos quase “líderes do clima” ainda não leva isso a sério”, sendo uma crítica bem clara ao presidente Bolsonaro.

O valor vetado foi de R$239,8 milhões que concerne do Orçamento para 2021 do Ministério do Meio ambiente. Deste total, seria em média R$11,6 milhões para o controle e fiscalização ambiental.

Como falado anteriormente, o corte se deu no dia em que o presidente se comprometeu na Cúpula do Clima, a frear a desmatamento e na fiscalização, principalmente no Amazonas.

Querendo reverter os efeitos negativos que esse corte pode trazer de vista internacional, Ricardo Salles, ministro do Meio Ambiente, entra com um ofício para recompor o Orçamento da Pasta: colocar o print do pronunciamento dele no twitter

Atrito de Bolsonaro contra ativistas do meio ambiente

Não é de hoje o atrito que o presidente enfrenta com ativistas do ambiente, porém é Greta que sempre questiona seu descaso com a natureza.
Tendo sempre uma vivência bastante complicada, encontra-se sempre trocando críticas. Tendo em outrora, chamado a mesma de “pirralha” e que a ativista fazia “showzinho”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Radar do Sertão surgiu em 2020 como uma nova e inovadora fonte de informações confiáveis do estado de Pernambuco. Todo dia você terá notícias importante sobre a sua cidade. O Radar do Sertão veio para ficar e se definir o novo patamar de informações.