• Início
  • Polícia
  • Polícia Federal acaba com 531 mil pés de maconha, no Sertão de Pernambuco

Polícia Federal acaba com 531 mil pés de maconha, no Sertão de Pernambuco

Em movimento realizado pela Polícia Federal, foi possível recolher 531 mil pés de maconha, localizado no sertão de Pernambuco. Operação foi realizada entre 20 e 29 de abril. Com notícias do órgão responsável pela iniciativa, foram também aprendidos 287kg de drogas já prontas para consumo, com mais 154 plantios destruídos em conjunto com as 140 mil mudas. Operação foi realizada em diversos municípios da região, entre eles Santa Maria da Boa Vista, Orocó, Cabrobó, entre outras. Segundo a PF, mesmo com toda essa operação, ainda existe outros plantios que precisam ser erradicados.

Polícia federal acaba com 531 mil pés de maconha, no sertão de pernambuco
Foto: Governo Federal

“Assim, com essas operações consecutivas, a Polícia Federal contribui significativamente para o desabastecimento dos pontos de venda de droga em nosso estado como também em outros estados da região nordeste, evitando a escalada da violência urbana. Cada ponto de venda de droga desabastecido, significa um foco a menos de criminalidade”, pontou a Polícia Federal.

Operação Fusarium II

Segundo os agentes, os plantios foram localizados através de levantamentos realizados, que compreendeu diversas regiões. Ação essa, foi intitulada de “Operação Fusarium II”, que contou com diversas ferramentas de apoio; além dos órgãos que junto com a PF, conseguiram chegar a meta final da operação, o que fez que ela fosse bem sucedida. Alguns municípios do Sertão Central, como Carnaubeira da Penha, Mirandiba, Terra Nova e Salgueiro, também receberão a ação.

A PF, conseguiu se locomover com sua operação até o sertão de Moxotó, para os municípios de Serra Talhada, Custódia, Ibimirim, Inajá e Manari. Ainda conseguiu avançar para a região do Araripe, que também abrange a zona rural dos municípios de Santa Filomena, Santa Cruz de Malta, Ouricuri e Dormentes.

A operação da Polícia Federal em Pernambuco, ocorreram por causa da Delegacia em Salgueiro, e contou com a parceria com órgãos de Segurança Pública (SDS-PE) e do Exército Brasileiro, além de outros apoios.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O Radar do Sertão surgiu em 2020 como uma nova e inovadora fonte de informações confiáveis do estado de Pernambuco. Todo dia você terá notícias importante sobre a sua cidade. O Radar do Sertão veio para ficar e se definir o novo patamar de informações.